Célio Turino · Mandato Cidadanista
Apoie a campanha
Casa

Célio Turino

Célio Turino

Conheça Célio Turino

Com uma trajetória construída dentro dos movimentos sociais de cultura e o exercício da gestão pública dentro do Governo Federal, o historiador e escritor Célio Turino se apresenta como uma simbiose entre a renovação política tão desejada e a experiência reconhecida dentro e fora do país. Renovação pois nunca exerceu um mandato no legislativo, ao mesmo tempo que traz consigo o conhecimento da gestão pública quando criou e coordenou os Pontos de Cultura com o então ministro Gilberto Gil. Aos 57 anos, Célio lidera o desafio de representar o Mandato Cidadanista e o povo como pré-candidato a uma cadeira de deputado federal pela bancada do PSol nas eleições legislativas de 2018.

Historiador, escritor e consultor em políticas públicas. Célio Turino é idealizador e foi gestor de inúmeras políticas públicas de sucesso e largo alcance social, como o projeto Recreio nas Férias, que, no início dos anos 2.000, beneficiava 200.000 crianças e jovens por edição, os Agentes Jovens de Lazer e o programa CULTURA VIVA e os Pontos de Cultura, entre outras políticas públicas.

 

Suas ideias e trabalho ganharam o mundo e hoje estão presentes em duas dezenas de países. Em 2015 o Papa Francisco chama Célio para realizar conferência de abertura do IV congresso do programa Scholas Occurrentes (Escolas do Encontro), na cidade do Vaticano, deste então estabeleceram uma intensa parceria, que agora se concretiza com o Seminário CULTURA A UNIR OS POVOS, realizado em Castel Gandolfo (Castelo Pontifício de Verão, na Itália), entre os dias 27 e 29 de junho de 2018.

A partir deste Seminário inicia-se nova etapa de implantação de ideias e políticas públicas, agora com alcance global, com a criação de um Fundo Mundial para Pontos de Encontro (conceito alargado de Pontos de Cultura) e Bolsas para Agentes Jovens de Cidadania, em todo o mundo, começando pela América Latina; o objetivo é desencadear uma campanha mundial por um salto civilizatório a partir da Cultura do Encontro, buscando implantar 200.000 PONTOS DE ENCONTRO pelo mundo e 10 milhões de bolsas para Agentes Jovens de Cidadania, que, durante um ano, terão formação, em serviço-aprendizagem nos campos das artes, organização cidadã, mídia livre, ambiente, recreação e comunicações, sempre a partir da atuação em suas próprias comunidades.

 

Servidor público aposentado, com 40 anos de carreira, Célio Turino foi Secretário Municipal de Cultura de Campinas de 1990 a 1992, Diretor do Departamento de Programas Esportivos e Lazer na Secretaria de Esportes da Prefeitura de São Paulo (2001/04) e Secretário da Cidadania Cultural do Ministério da Cultura entre 2004 e 2010, período em que criou o Programa Cultura Viva, que marca uma mudança de paradigma na elaboração de políticas públicas para a Cultura no Brasil. O Programa Cultura Viva viabilizou a criação de mais de 3.500 Pontos de Cultura distribuídos por mil e cem municípios do Brasil, beneficiando mais de 8 milhões de pessoas e criando 30.000 postos de trabalho (dados IPEA).

 

Célio Turino é de Campinas, estado de São Paulo, onde iniciou sua militância social e política, isso há mais de 40 anos, em 1977, combatendo a Ditadura Militar. Começou no Movimento Estudantil Secundarista e depois no Universitário, tendo sido coordenador geral do DCE-Unicamp. Sempre entrelaçou sua militância política ativismo social junto às periferias e favelas, além do sindicalismo, movimento cultural e ambiental. Participou do Movimento contra o Custo de Vida (1978/79), Comitê Brasileiro pela Anistia (1977/79), Solidariedade às Greves Operárias (1979/81), Movimento de Defesa da Amazônia (1980/82), Fundação da CUT (1983), Diretas Já! (1984), tendo participado de praticamente todos os movimentos sindicais na cidade de Campinas durante os anos 1980 e liderado várias greves do funcionalismo público municipal na Cidade, culminando com a fundação do primeiro sindicato do funcionalismo público no Brasil, em 1988.

 

Concomitante à intensa atuação social e política, sempre manteve uma intensa atuação no movimento cultural, tendo organizado vários cineclubes, feiras de arte e coletivos de arte e juventude, em favelas e bairros da periferia de Campinas, também dirigiu diversos Museus na cidade. Célio Turino foi militante do PCdoB, na clandestinidade, enfrentando a repressão da Ditadura e em 1985 foi para o Partido dos Trabalhadores, tendo sido coordenador de formação política, e exercido mandato de vereador pelo partido em 1989. Volta para o PCdoB em 1994, até 2010. Está filiado ao PSOL desde 2016 e é cofundador da RAiZ – Movimento Cidadanista.

 

Tem graduação (1979/84) e mestrado (2.000/04) em História, pela Unicamp e é pós graduado em Administração Cultural pela PUC/SP (1986). Autor de vários livros, publicados no Brasil e no exterior, em diversos idiomas, entre os quais: NA TRILHA DE MACUNAÍMA – ócio e trabalho na cidade (ed. SENAC/SESC, 2005); PONTO DE CULTURA -o Brasil de baixo para cima (ed. Anita Garibaldi, 2009); CULTURA A UNIR OS POVOS – a arte do encontro (Inst. Olga Kos, 2018), com lançamento na Cidade do Vaticano. É autor de mais de uma centena de artigos e ensaios, publicados em diversos países, em temas como cultura, arte, economia, renovação política, ética e juventude. Atualmente reside na cidade de São Paulo, no bairro da Mooca, ou, em algum canto esquecido do mundo, sobretudo na América Latina, entre favelas e comunidades ancestrais. Também se dedica à difusão da filosofia e ética Ubuntu e do conceito ameríndio do Bem Viver (Teko Porã, em Guarani). E segue lutando e sonhando por um mundo bom e justo para tod@s.

Acompanhe o Célio nas redes sociais

BLOG

Facebook

Twitter

Instagram

Livros publicados

  • CULTURA A UNIR OS POVOS – A arte do encontro (Instituto Olga Kos, 2018)
  • UMA VISÃO INCLUSIVA – arte, esporte e síndrome de down – (Instituto Olga Kos, 2011)
  • PONTO DE CULTURA – O Brasil de baixo para cima (Ed. Anita Garibaldi, 2009)
  • NA TRILHA DE MACUNAIMA – ócio e trabalho na cidade (Ed. SENAC, 2005)
  • O LAZER NOS PROGRAMAS SOCIAIS (Ed. Anita Garibaldi, 2003)
  • Organizador de outros 4 livros (O lazer nos Programas Sociais, Esporte e Sociedade, Recreio nas férias, Ludicidade)

Veja também vídeos do historiador, escritor e gestor público

Artigos de Célio Turino

.

ECONOMIA

CULTURA

CULTURA na América Latina

JUVENTUDE

POVOS INDÍGENAS

REFORMA POLÍTICA e do ESTADO

2013

DEGRADAÇÃO DA CONJUNTURA POLÍTICA

A BUSCA POR ALTERNATIVAS POLÍTICAS

 

 

***